Consultoria Online - Perguntas e Respostas

Pergunta:

Bom dia, Gostaria de saber sobre os planos. O meu objetivo com os leilões é conseguir comprar terrenos. Me interessa e muito a parte dos terrenos. Como o site poderia me ajudar?

Ricardo Fabiano Diorio Gios
— de São Paulo., em 10/08/2012 12:30:02
Pergunta:

UM PROCESSO ESTÁ EM TRAMITE NA COMARCA DE SAO JOSE DOS CAMPOS O IMÓVEL PENHORADO PERTENCE A COMARCA DA CAPITAL E LA FOI AVALIADO. ONDE REALIZA O LEILÃO? EM SÃOP JOSE DOS CAMPOS OU EM SÃO PAULO?

JORGE ROBERTO DA SILVA
— de SÃO JOSE DOS CAMPOS, em 10/08/2012 01:22:56
Pergunta:

ola, pelo que entendi o unico valores que voces cobram sao os da assinatura? nao ha comissoes posteriores de assessoria?

danilo passarini
— de sao jose do rio preto, em 06/08/2012 15:24:21
Pergunta:

Quando será julgado a constitucionalidade pelo stf sobre execução extrajudicial de crédito hipotecário e SFH? arrematei há 3 anos, imóvel do banco Itau, em leilão extra judicial, ocupado até hoje, pelo ex-propietário, o imovel esta registrado em meu nome, ele não paga aluguel, condominio nem IPTU, entrei na justiça com imissão de posse de imóvel comprado em leilão da CEF, ATÉ O MOMENTO NÃO TENHO A POSSE, ganhei em primeira instancia por unanimidade, o réu recorreu e perdeu em segunda instancia, entrou com Rec.Especial, alegando inconstitucionalidade do dec 70/66 e repercussão geral, o processo esta no STF aguardando o julgamento da constitucionalidade, agora estou sendo processado pelo condominio, qual é o caminho? devo acionar o itaú?.

ADEMIR VALLOTA
— de São Paulo - sp, em 20/07/2012 11:55:47
Pergunta:

ASSUNTO ARREMATAÇÃO IMOVEL LEILÃO TRT. Gostaria de orientação: Adquiri em dez/2011 imovel leilão no Guarujá. O invasor do imóvel, sem provas, fez embargo alegando estar no imóvel desde 2002. Juiz extinguiu embargo em março 2012, por falta de provas. O invasor entrou com agravo, alegando ser filho de ex-empregado do dono do imóvel. O proprietário é falecido em 2009, era separado da família, e desconhecem a existencia do mesmo. Tenho provas- cópia de conta de luz que entrou na casa em dez 2010. Tbém confirmam isso dois vizinhos, que entrou alegando ter autorização do proprietario, que estava morto. O advogado que defende o invasor quer R$15mil para DESISTIR DO AGRAVO. caso contrário ameaça entrar COM RECURSO DE REVISTA e o processo vai a Brasília. E poderá levar anos a solução. O Advogado que defende a parte da ação trabalhista, apresentou contra minuta ao agravo. O QUE VOCÊS ACONSELHAM NESSE CASO?? Devo ceder, e pagar para agilizar o processo. Deve me manifestar apresentando provas de que o agravante está mentindo? Existe a possibilidade do processo seguir em outra instância?, sem avaliação de mérito? Grato. Atenciosamente. Sérgio Gonçalves Tel casa 3214-4950 trabalho 3121-6127

Sérgio Gonçalves
— de São Paulo - SP, em 13/07/2012 21:55:08
Pergunta:

Estou interessado em uma casa que aparece em um leilão de cessão de direitos do banco Itaú, no qual informa que o banco responde pela evicção. Não sei qual o risco desse arremate ser cancelado pelo proprietário/devedor dos cinco anos de atrazo do financiamento feito pelo banco Itaú. Não sei se ocorre outros riscos ou se um arremate de cessão de direitos não é uma coisa tão boa quanto arrematar um imóvel propriamente dito. Entendi pelo contrato que o banco é que fará o despejo do devedor, porém tenho minhas dúvidas a este ponto. No aguardo, muito grato.

Vinicius Afonso Garcia
— de Cabreúva-SP, em 04/07/2012 13:29:58
Pergunta:

Boa noite, Gostaria de ver se vocês podem me ajudar numa dúvida, mas é sobre leilão de veículos, apesar que o procedimento é o mesmo. Se quiser participar de um leilão, aceitando os termos (clicando ACEITO ao final do termo), ai se eu der lance, o lote sair condicional, e depois de um tempo ele liberar e eu não pagar....o leilão tem como colocar meu nome no SPC etc ??

Thiago Silva
— de Itajai/SC, em 28/06/2012 23:09:33
Pergunta:

Prezado Dr. Leilões, Em uma de suas respostas o Sr. citou que o prazo para tomar posse do imóvel varia de 1 mês a 2 anos, dependendo da complexidade do caso. Quais são as situações que o Sr. considera um caso de baixa complexidade e que demora pouco tempo para ter posse do imóvel. Grato pela atenção.

Paulo Correa
— de Rio de Janeiro, em 18/06/2012 20:06:38
Pergunta:

- O que deve ser analisado no processo judicial, para se ter total segurança na arrematação de um imóvel sem correr riscos. Quais as situações há menor risco na arrematação de um imóvel em leilão judicial (Ex: RGI do imóvel com poucas transações de compra e venda, etc...) Qual situação que consta no RGI ou em qualquer outra certidão do vendedor, que não devo jamais arrematar determinado imóvel. Grato pela atenção.

Paulo Correa
— de Rio de Janeiro, em 18/06/2012 19:55:34
Pergunta:

Prezado,bom dia. Como sei se um imovel ou automovél que o leilão já foi realizado foi arrematado? e se ainda posso adquirir esse bem? Aguardo orientações att Aristides

Arsitides
— de Cruzeiro São Paulo, em 13/06/2012 19:38:18
Pergunta:

Vou fazer um resumo, da minha situação, comprei um terreno no ano de 2001 depois de sete anos depois que já tinha construido a casa apareceu um oficial de justiça dizendo que o imovel tinha sido penhorado, por conta da antiga proprietaria TER DIVIDAS E PROCESSOS, infelizmente não sabia que tinha que tomar alguns cuidados antes de comprar um imovel, só agora é que sei o tamanho da imortancia desses cuidados, enfim continuando, o oficial nos informou que o que esta indo a leillào é a parte da mulher a parte do esposo dela nào, pois a antiga proprietaria era casada, entramos com recuro para tentar reverter explicando ao juiz que nào sabiamos dos processos da antiga proprietaria sem nehum sucesso, pois o juiz entendeu que tinha formas de sabermos que ela era devedora no mercado, pois o processo já estava em curso, depois deste sofrimento todo que estou passando o que me traz um pouco de esperança é que em todas as decisÕES O QUE ESTA INDO A LEILÃO É SEMPRE A PARTE DELA, GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUMA POSSIBILIDADE DE O IMOVEL IR A LEILÃO POR INTEIRO E AINDA O MARIDO DELA RECEBER OS OUTROS 50% QUE ELE TEM DIREITO, POIS FAÇO MUITAS PESQUISAS VIA INTERNETE E ACHEI UM ART 655-B QUE DIZ QUE O IMOVEL PODE IR A LEILÃO POR INTEIRO, E DEPOIS DA A PARTE DO OUTRO CONJUGUE, OU O QUE VALE É O QUE O JUIZ JÁ DETERMINOU NOS AUTOS, SE FOR ISSO VOU FAZER UM ESFORÇO MUITO GRANDE PARA TENTAR COMPRAR OS 50%, MAS SE FOR O IMOVEL TODO NÃO VOU ER CONDIÇÕES DE ARREMATAR TUDO, POR FAVOR ME RESPONDA COM UMA ORIENTAÇAO, ESTOU DESESPERADA.

Léia Nicolau Oliveira
— de Sao paulo, em 04/06/2012 14:54:34
Pergunta:

Gostaria de saber se um imovel pode ser vendido pela metado, ou seja 50% dele em um leilào, pois moro em um imovel e ele ira a leilão pela metade, isso existe?

Léia Nicolau Oliveira
— de São Paulo, em 30/05/2012 18:44:11
Pergunta:

Gostaria de saber se o banco de dados de vocês também abrange a região da baixada santista.

Vinicius Malheiro
— de Praia Grande, em 17/05/2012 18:51:29
Pergunta:

Há dois anos e meio arrematei um imóvel em leilão numa execução por danos materiais e morais contra uma Revendedora de carros. Em estado pré-falimentar, a empresa tinha inúmeras execuções contra si, vários ônus inscritos na matrícula do imóvel, além de uma dívida de IPTU correspondente a 1/3 do valor da avaliação. O processo de execução, muito tumultuado, recebeu recursos de toda a sorte, e na véspera da praça, houve um agravo de instrumento que visava desconstituir a comissão do leiloeiro (provido em parte, não impediu o apraceamento). A carta de arrematação levou mais de um ano para ser expedida. Nesse tempo, o devedor manteve-se no imóvel, sem pagar aluguel, nem impostos. Só consegui tirá-lo com ação de imissão na posse, já que o juiz da causa alegou jurisdição extinta. Tive muito prejuízo e agora, após 1 ano da expedição e registro da carta, o devedor entrou com ação ANULATÓRIA, alegando: 1) citação irregular sobre o leilão (se deu na pessoa de preposto, já que era pessoa jurídica) 2) A arremtação se perfez em nome de terceiro e não da arrematante (foi juntada procuração depois de um mês do auto, embora os depósitos tenham sido feitos pela arrematante) 3) Um chegue, no valor de 1/4 do valor da arremtação voltou por erro formal (Alegam que foi sem fundos) mas foi prontamente sanado no primeiro dia útil da ciencia do fato. 4) Diz que o edital foi publicado em jornal de grande circulação no Estado, mas não na cidade do imóvel. Por esse esboço geral, acham possível a desconstituição da carta? Detalhe: o imóvel já foi vendido a terceiros por instrumento particular quitado. O valor correpondente aos ônus inscritos na matrícula já foram apartados e alguns, levantados pelos respectivos credores.Qual seria a melhor estratégia de defesa? Grata Taís

Taís Barros
— de Volta Redonda-RJ, em 02/05/2012 13:16:44
Pergunta:

boa tarde DR. rodrigo, minha duvida é quanto tempo demora para o valor da arrematação ser ressarcido pela justiça em casa de desistencia da arrematação por motivo de embargos ao processo, desde ja agradeço.

danilo
— de sao jose do rio preto, em 30/04/2012 17:47:44
Pergunta:

Dr Leilões Venho através do presente expediente solicitar a possibilidade desse nobre especialista sanar algumas duvidas a respieto de imovel adquirido em hasta publica (arrematação) uma vez que minha irmã adquiriu um imovel de um arrematante e verifiquei no setor de divida ativa da prefeitura que consta uma divida alta de IPTU, sendo que consta da processo de arrematação que a divida iria ser subrrogada ao preço. Estive na Prefeitura conversei com um procurador para verificar a possibilidade de ser emitida uma nova inscrição para o imovel e o mesmo disse-me que não e que as certidões solicitadas seriam emitidas como certidão positiva com efeito de negativa, em virtude de ter verificado que a arretação trata-se de aquisição originaria, não teria algum meio legal de solicitar nova inscrição ao imovel? O que eu tenho que solicitar na prefeitura para ter a garantia que no futuro não será cobrado tal divida da minha irmã. grato fico no aguardo de uma breve resposta

afonso santos
— de São Paulo, em 15/04/2012 18:39:17
Pergunta:

Dr. Leilão. O seu site está muito bom e bonito. Parabéns. Amanhã vou em sua cidade para ver alguns leilões e aprender com as suas aulas. waldemir

waldemir tiozzo marcondes silva
— de São Paulo, em 09/04/2012 15:23:22
Pergunta:

Se o devedor entrar com algum recurso após a arrematação terei que esperar até o julgamento ou poderei desistir da arrematação?

Guilherme A. B. Mathias
— de Rio Claro - SP, em 05/04/2012 13:00:25
Pergunta:

Posso participar do leilão de imóveis mesmo morando fora do país?

João Munhõz Kevikiev
— de São Paulo - SP (Bostom - USA), em 04/04/2012 17:58:43
Pergunta:

Gostaria de saber como faço para participar do leilão. E mais, se eu ganho um leilão quanto tempo demora para pegar o imóvel?

Antonio José da Silva
— de Rio Claro - SP, em 04/04/2012 17:55:41
Próxima seção
Escolha um pacote de Assinatura e receba TODOS os Leilões de Imóveis Judiciais e Extrajudiciais em seu e-mail
Ver planos